Indústria 4.0
1 Comentário1 Comentário

Dia após dia a tecnologia vem desempenhando um papel cada vez mais importante em muitas áreas de nossas vidas, tornando possível o acesso à informação de forma cada vez mais rápida, produzindo uma transformação na maneira como consumimos e nos relacionamos com os dados. O ambiente de negócios está se envolvendo mais nessa constante evolução tecnológica.

Sem sombra de dúvidas, é possível afirmar que todos os caminhos levarão a uma evolução no modelo atual de indústria que conhecemos. A integração entre as áreas de Tecnologia da Informação e Tecnologia da Automação é a principal motivação para o salto em direção a essa nova revolução industrial, denominada como a “Indústria 4.0“.

Seus concorrentes buscam formas de crescer, gerar mais lucro e te superar.

A Indústria 4.0

gráfico com a evolução da indústria 1.0 até a 4.0
a) Revoluções Industriais

 

O termo surgiu a partir de um projeto do governo alemão de estratégias focadas em tecnologia e foi utilizado pela primeira vez na Feira de Hannover no ano de 2011.

No ano posterior, o grupo responsável pelo projeto, coordenado por Siegfried Dais (Robert Bosch GmbH) e Kagermann (Acatech), apresentou um relatório de recomendações para o Governo Federal Alemão, com o objetivo de planejar sua implementação.

Foi então que, em abril de 2013, foi publicado, na mesma feira, um trabalho final sobre o desenvolvimento da indústria 4.0.

O conceito básico da 4° revolução industrial entende que, ao conectar máquinas, sistemas e ativos, as empresas podem criar redes inteligentes ao longo de toda a sua rede de produção e, com isso, controlar diversas ações de forma autônoma.

As fábricas inteligentes terão a capacidade e a autonomia necessárias para agendar manutenções, prever falhas nos processos e se adaptar aos requisitos e mudanças não planejadas na produção.

As Principais Ferramentas da Indústria 4.0

b) Principais Ferramentas Indústria 4.0
A Indústria 4.0 se refere a alguns aspectos que você certamente já deva ter ouvido falar, tais como a indústria inteligente, indústria interconectada ou indústria cibernética. Todas essas definições se referem ao uso de tecnologias para tornar o processo de fabricação mais ágil, flexível e perceptível para os clientes.

 

Internet das coisas:  É um conceito que se tornou tão popular quanto a Indústria 4.0 nos últimos anos. Mas além de ser um conceito isolado, ela também possui um papel importante neste novo momento. Isso porque a internet das coisas consiste na conexão de objetos físicos, máquinas, veículos e até ambientes com dispositivos eletrônicos que permitem o controle remoto destes elementos. Por isso, podemos dizer que este conceito é a base da Indústria 4.0, pois permite a automação de processos industriais.

Big Data Analytics: Outro grande aliado da Indústria 4.0, estruturas de dados extensas e complexas que utilizam abordagens inovadoras para capturar, analisar e gerenciar informações. Na quarta revolução industrial, o Big Data é responsável por lidar com dados relevantes e cruciais, garantindo a segurança destas informações, assim como o compartilhamento das mesmas por meio de redes industriais.

Aumente sua Visibilidade no mercado utilizando a Indústria 4.0 

 

E aí, viu como a indústria 4.0 pode mudar o futuro da sua empresa?

Então busque conhecer ainda mais sobre as novas tecnologias e aprenda a usá-las a seu favor!

A alta competitividade industrial torna necessário inovar sempre para se consolidar no mercado. Afinal, seus concorrentes certamente estão buscando formas de crescer, gerar mais lucro e, claro, te superar.

Isso significa que você deve estar sempre atento às novas tecnologias, implementando todo tipo de estratégia que possa trazer resultados efetivos.

Por isso, use o conceito da Indústria 4.0 para alavancar seu negócio e trazer o sucesso para mais perto de você.

Para obter uma consultoria personalizada e estratégica afim de superar a concorrência, entre em contato com a DoroTech.